Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Esclarecimento sobre matérias publicadas na imprensa a respeito de denúncias

12.Dez.2014

esclarecimento-imprensa-notebook.jpgLeia novo esclarecimento que divulgamos na noite desta sexta-feira (12/12):

Com referência às matérias publicadas na imprensa a respeito de denúncias feitas pela empregada Venina Velosa, a Petrobras reitera que tomou todas as providências para elucidar os fatos citados nas reportagens. Não procede a afirmação de que não houve apuração por parte da Companhia em nenhum dos três casos citados por ela: RNEST, Compra e Venda de BUNKER e Irregularidades da Gerência de Comunicação do Abastecimento.

A Petrobras instaurou comissões internas de apuração, entre as quais uma referente aos procedimentos de contratação nas obras da RNEST, em 2014. A empregada foi ouvida nesta comissão, momento em que teve a oportunidade mas não revelou os fatos que está trazendo agora ao conhecimento da imprensa. A empregada guardou estranhamente por cerca de 5 anos o material e hoje possivelmente o traz a público pelo fato de ter sido responsabilizada pela comissão.

A empregada foi citada no relatório desta Comissão com referência a responsabilidades por não conformidades consideradas relevantes. O resultado foi enviado às Autoridades Competentes (MPF, PF, CVM, CGU e CPMI) para as medidas pertinentes. A empregada foi destituída da função de diretora presidente da empresa Petrobras Singapore Private Limited em 19/11/2014, após o que ameaçou seus superiores de divulgar supostas irregularidades caso não fosse mantida na função gerencial.

A Petrobras instaurou comissões internas em 2008 e 2009 para averiguar indícios de irregularidades em contratos e pagamentos efetuados pela gerência de Comunicação do Abastecimento. O ex-gerente da área foi demitido por justa causa em 3 de abril de 2009, por desrespeito aos procedimentos de contratação da Companhia. A demissão não foi efetivada naquela ocasião porque seu contrato de trabalho estava suspenso, em virtude de afastamento por licença médica. A demissão foi efetivada em 2013. O resultado das análises foi encaminhado para a CGU e MP/RJ e há uma ação judicial em andamento visando ao ressarcimento dos prejuízos causados à companhia pelo ex-empregado.

Após resultado do Grupo de Trabalho constituído em 2012, a Petrobras aprimorou os procedimentos de compra e venda de bunker, com a implementação de controles e registros adicionais. Com base no relatório final, a Companhia adotou as providências administrativas e negociais cabíveis. A Petrobras possui uma área corporativa responsável pelo controle de movimentações e auditoria de perdas de óleo combustível, que não constatou nenhuma não conformidade no período de 2012 a 2014.

Postado em: [Esclarecimentos]

15 comentários

Michel Ulbrich

25.De.2014

Quem não deve não teme!! A Venina pelo jeito não teme! Mas fico pensativo, como essas pessoas deitam a cabeça no travesseiro e conseguem dormir!!

Décio Hamilton Barbosa

17.De.2014

A atitude desta Venina é deplorável. É fácil perceber sua motivação. Foi afastada de seu cargo para fins de investigação e agora quer se vingar fazendo-se de vítima. Quando não encontram nada contra a acusada, no caso a Graça Foster, dizem que ela foi omissa. Um absurdo! Obrigam-na a dispender uma energia enorme e improdutiva para explicar mensagens recebidas há 5 anos das quais ela mal se recorda. É uma crueldade o que estão fazendo com a Graça Foster!

jose francisco seniuk

16.De.2014

Importante não deixar sem respostas as noticias colocadas na mídia . As manchetes são sempre ambíguas no sentido de compelir ao incauto a tirar falsas conclusões. Sinto falta de presença mais forte e agressiva da Comunicação da Petrobras em termos de pedido de respostas, entrevista ou respostas visuais na mídia sobre as noticias veiculadas. Há um projeto de ataque a Petrobras que vem de fora do Pais apoiado pela mídia e os colaboracionistas de sempre. Snowdem deu os primeiros sinais das maquinações. Em resumo uma coisa é extirpar a corrupção que todos queremos a outra é aproveitar estrategicamente isto para invadir sorrateiramente nosso destino e o da Petrobras. Vamos nos cuidar pois afinal a UDN não morreu e nem nós vamos suicidar.

Marcos Cesar Soares de Paula

16.De.2014

Com profunda tristeza, acompanho nos noticiários o escândalo da Petrobrás. Uma coisa não entendo, por muito menos já vi diretorias e presidência serem trocadas, o que os mantém ainda à frente da empresa?

antao elias da silva

16.De.2014

O que não deveria acontecer, aconteceu. Então vamos acreditar que tudo será completamente esclarecido, passado a limpo. Se existem culpados que sejam severamente punidos, haja vista ser a Petrobras um patrimônio do povo brasileiro. Eu como cidadão tenho ações nessa empresa porque acreditei e continuo acreditando. Tenho total interesse porque ela me pertence também.

MANOEL TEODORO BELITARDO PEREIRA

15.De.2014

Como empregado da companhia, estou aguardando o pronunciamento oficial perante a população, que em sua grande maioria não tem acessos às explicações divulgadas via site.

Enedino Sena

15.De.2014

Como brasileiro, sempre senti orgulho da PETROBRÁS em varios eventos fossem eles sociáis ou profissionáis sempre reiterei a minha alegria de acompanhar as conquistas desta. Espero que sinceramente estas denúncias sejam esclarecidas e os culpados severa e rigorosamente punidos. Reiterando minha admiração e respeito pela PETROBRÁS, atenciosamente Enedino Sena

atos fonseca de oliveira

14.De.2014

Não vejo a hora desse vendaval passar! Claro, com tudo esclarecido!

nelson soares da silva

13.De.2014

..."se os filhos comerem uvas verdes os pais não ficarão jamais com os seus dentes manchados",os pais não podem serem culpados pelos erros dos filhos.Por favor fica Sra.Graça Foster,seja firme "o desafio é a nossa energia"desde a fundação da nossa Companhia. Quanto maior a dificuldade e as lutas mais nos anima a superá-las,foi assim,é assim e sempre será assim,se for de outra forma não tem motivo a nossa existência.A grandeza das dificuldades é que valoriza e glorifica a nossa vitória certa.Dignidade vem de berço,de família,de educação o que a SenhorA o é.Quem é Diamante não vira vidro nunca,mesmo que todos o chamem de vidro,sempre será diamante,já nasceu assim.Fica Dona Graça.

CLAUDIA

13.De.2014

Senhores, Não entendi, se a Petrobras fez essas investigações e tomou as medidas cabíveis, como se explica tantas irregularidades e corrupções. Estamos estarrecidos.

Pedro Raymundo

13.De.2014

Comentar "o quê" ??? Pela primeira vez, em 12 anos trabalhando embarcado, sinto que vou desembarcar com imensa vergonha do que está acontecendo! Vergonha, não da PETROBRAS e sim daqueles que envergonham a seus colegas, familiares e a sociedade levando o nome desta empresa para um escândalo sem precedente! Tem momentos que nem acredito que tudo isso esteja acontecendo com a PETROBRAS. Más, por aqui, P-59, continuaremos trabalhando para levar o nome da PETROBRAS para a posição que ela "MERECE"!!!

Robson Roberto Amstalden

13.De.2014

Os esclarecimentos aqui postos são relevantes, mas paira dúvidas intermitentes. Na matéria do Jornal VALOR ECONÕMICO foi postado cópia de e-mails, em datas bem anteriores, com denúnica de algumas irregularidades, independente da empregada em expor ou não os fatos em posterior comissão interna de apuração. O que faz a empregada, após estas denúncias, se fossem improcedentes, em promovê-la a um cargo tão alto, o de diretora presidente da empresa Petrobras Singapore Private Limited? Se fossem procedentes, deveriam ser apuradas e não necessariamente apenas promover a empregada. Estas nuancias não demonstram a razoabilidade devida e carece de maiores e melhores explicações.

JOSUA

13.De.2014

Porque so agora,tenho certeza que muitos meios de comunicaçao iriam adorar esta noticia na epoca???

José Roberto

13.De.2014

Prezado moderador, esta informação é pública? Pode ser compartilhada nas redes sociais?

Fatos e Dados

15.De.2014

Olá, José Roberto.

O blog é um canal externo. Todos os posts do blog podem ser acessados e, portanto, são públicos.

Saudações,

a equipe.

Fernando Figueiredo de Oliveira

12.De.2014

Torna-se importante que se faça uma investigação minuciosa das últimas vendas de ações da petrobrás, na tentativa de se descobrir jogo de interesse. A desvalorização das ações pode fazer parte de estratégia de investimento, porque quando passar essa tempestade, elas voltarão à subir.