Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Mão de obra preparada: setor de petróleo e gás deve contratar mais de 2 milhões de pessoas nos próximos sete anos

11.Abr.2014

O setor de petróleo e gás deve contratar mais de 2 milhões de pessoas nos próximos sete anos para atender à demanda de bens e serviços, segundo projeção da Onip (Organização Nacional da Indústria do Petróleo). A maior parte das vagas estará concentrada em nossas empresas fornecedoras e subfornecedoras.

Também criaremos outras vagas. Desde 2011, admitimos cerca de 37 mil pessoas. Desenvolvemos programas de formação de recursos humanos para o se­tor, em parceria com a ANP (Agência Nacional do Petró­leo, Gás Natural e Biocombustíveis). Entre eles, estão o programa Ciência Sem Fronteiras e o Programa Petrobras de Formação de Recursos Humanos (PFRH).

O Ciência Sem Fronteiras oferece recursos para a parti­cipação de alunos de graduação e doutorado que tenham interesse  em estudar no exterior temas relacionados à tecnologia e à inovação. Nele, selecionamos al­gumas linhas específicas para investir: entre elas estão energias renováveis e ciências do mar. Já o PFRH investe em bolsas de estudo no Brasil para estudantes de níveis técnico e superior (graduação, mestrado e doutorado), coordenadores e pesquisadores visitantes do setor de petróleo, gás natural e biocombustíveis, assim como em melhorias nas condições de ensino e infraestrutura nas instituições parceiras.

Ver post completo

Nossas captações comprovam confiança do investidor

11.Abr.2014

Cidade-paratyAs duas operações de emissão de bônus que realizamos em 2014 demonstraram confiança do investidor. Em janeiro, foram captados 3,05 bilhões de euros e 600 milhões de libras no mercado europeu, valor equivalente a 5,1 bilhões de dólares. Estes títulos tiveram demanda recorde equivalente a 15 bilhões de dólares, três vezes mais do que foi captado. Em março, outra operação captou 8,5 bilhões de dólares no mercado americano, frente a uma demanda que superou 22 bilhões de dólares. Os números demonstram a crença do mercado na solidez dos nossos projetos.

A maior parte dos financiamentos já contratados tem prazo de vencimento médio de cerca de sete anos, compatível, portanto, com a maturidade dos projetos de investimento e, consequentemente, com o crescimento da nossa geração de caixa. A previsão é de que tenhamos fluxo de caixa livre já a partir de fins de 2015, em decorrência do crescimento da produção de petróleo - que já se inicia este ano, com a previsão de crescimento de 7,5% na produção; da menor dependência de importações de derivados pela expansão do parque de refino; e das reestruturações nos modelos de negócio, que reduzem a necessidade de captação no horizonte do Plano de Negócios e Gestão 2014-2018.

Ver post completo

Destaques Internacionais – 11/04/2014

11.Abr.2014

Leia as principais notícias internacionais que repercutem nesta sexta-feira.

Ver post completo

Nova frota gerou mais de 70 mil empregos na indústria naval no período 2003-2013

10.Abr.2014

navio-irma-dulce.jpgNossa decisão de construir no Brasil sondas de perfuração, plataformas de produção e a nova frota de navios da Transpetro, priorizando o conteúdo local, revitalizou a indústria naval brasileira. A expectativa é que o bom momento se mantenha nos próximos anos, pois há demanda. Até 2020, prevemos a entrada em operação de diversos tipos de embarcação construídas no Brasil. Ao todo, são 38 plataformas de produção, 49 navios-tanque, 28 sondas e 207 embarcações de apoio.

A política de conteúdo local que adotamos foi a principal responsável pela geração de mais de 70 mil empregos em estaleiros brasileiros no período 2003-2013, segundo o Sindicato Sindicato Nacional da Indústria de Construção e Reparação Naval e Offshore (Sinaval). Atualmente, aproximadamente 76 mil pessoas estão empregadas no setor.

Ver post completo

Recorde mensal de entrega de gás ao mercado

10.Abr.2014

Recorde-Gas-card.jpgBatemos, em março deste ano, o recorde mensal de entrega de gás natural ao mercado consumidor brasileiro com a média diária de 95,5 milhões de m³/dia. O recorde anterior é de novembro de 2012, quando essa média chegou a 92,9 milhões de m³/dia.

Em março de 2014, entregamos uma média de 43,1 milhões de m³/dia ao mercado termelétrico, garantindo o suprimento de seu próprio parque gerador e de usinas de terceiros num período de forte despacho termelétrico ordenado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Ao mercado não termelétrico foi entregue uma média de 38,7 milhões de m³/dia e 13,7 milhões de m³/dia foram destinados ao nosso consumo interno, incluindo-se aí o fornecimento a suas fábricas de fertilizantes em Sergipe e na Bahia.

Ver post completo

Promoção Torcida Verde-Amarela termina com recordes

10.Abr.2014

Três recordes marcaram a “Promoção Torcida Verde-Amarela”, primeira grande ação que mobilizou a rede de postos de serviço de bandeira Petrobras em 2014, e que se encerrou no último dia 04 de abril: mais de 800 mil consumidores concorreram aos prêmios (540 televisores e 18 automóveis), gerando quase 11 milhões de números da sorte distribuídos e cerca de 670 milhões de pontos acumulados no programa de fidelidade Petrobras Premmia. Neste sábado, 12/04, serão realizados os últimos sorteios.

O conceito por trás da promoção foi celebrar a energia da torcida brasileira, que se une a cada jogo e compartilha essa alegria com os amigos. Para expressar a ideia de união, de espírito de equipe, foi utilizado um jargão do futebol: “ninguém ganha sozinho”. Assim, cada consumidor sorteado também leva dois prêmios similares ao seu, para distribuir aos amigos. (...)

 

Ver post completo

Petrobras Distribuidora: Projeto Nota Fiscal de Serviços Eletrônica recebe Prêmio TI & Governo

10.Abr.2014

BR.jpgDesenvolvido pela Petrobras Distribuidora, o Projeto Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) foi contemplado com o Prêmio TI & Governo e será publicado no “Anuário TI & Governo 2014”. As iniciativas vencedoras foram classificadas em três categorias – e-Administração Pública, e-Serviços Públicos e e-Democracia – e avaliadas por critérios como caráter inovador, relevância social e envolvimento de recursos humanos.

O projeto foi implantado de forma piloto em outubro de 2013, no Município do Rio de Janeiro, com o objetivo de substituir as notas emitidas manualmente por um sistema mais eficiente, que possibilita a integração do nosso faturamento aos web services disponibilizados pela prefeitura e um controle centralizado. Além disso, houve a preocupação de criar uma solução que atendesse aos diferentes padrões de emissão de NFS-e.

Ver post completo

Conheça as grandes escolhas da nossa área de Distribuição

10.Abr.2014

card-distribuicao.jpgNeste terceiro post sobre o Plano Estratégico 2030, apresentamos estratégias que vão direcionar a atuação da nossa área de Distribuição. A premissa  principal é “manter a liderança no mercado doméstico de combustíveis, ampliando a agregação de valor e a preferência pela marca Petrobras”. Conheça em detalhes as estratégias traçadas:

- Liderar o mercado brasileiro de distribuição de derivados de petróleo e biocombustíveis, sustentando a participação no mercado;

- Ampliar as vendas em segmentos de mercado que proporcionem maior agregação de valor;

- Ampliar a capacidade logística para atender, de forma otimizada, o crescimento dos mercados-alvo;

- Fazer da marca Petrobras a preferida dos seus públicos de interesse, oferecendo excelência na qualidade de produtos e serviços.

Ver post completo

Tecnologia para aumento na produção de diesel pode gerar lucro de até US$ 19,5 milhões por ano

10.Abr.2014

Teste de campo realizado na Refinaria Presidente Bernardes, em Cubatão, mostrou que a tecnologia Flexcool foi capaz de aumentar o processamento da parte mais pesada do petróleo, chamada Resíduo Atmosférico (RAT).

Em consequência deste maior processamento de RAT, é possível obter aumento na produção de diesel e redução da produção de óleo combustível na refinaria, gerando um ganho estimado de US$ 19,5 milhões por ano.

A Fábrica Carioca de Catalisadores (FCC S.A.) forneceu o produto, incorporando esta tecnologia, para o teste de campo na refinaria, e já fabricou mais de mil toneladas do mesmo. Esta tecnologia inovadora foi previamente testada em escala de laboratório e em planta piloto, no nosso Centro de Pesquisas (Cenpes) e na planta de demonstração da Industrialização do Xisto (SIX), em São Mateus do Sul, Paraná. Realizaremos um novo teste, desta vez em escala comercial, na Refinaria Landulpho Alves (RLAM), no primeiro semestre de 2014. (...)

Ver post completo

Destaques Internacionais – 10/04/2014

10.Abr.2014

Confira as prinicipais notícias internacionais que repercutem nesta quinta-feira.

Ver post completo