Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Somamos 60 mil litros de combustíveis doados para apoio no combate à Covid-19

01.jul.2020

 

Minas Gerais, Paraná e Ceará receberam diesel e gasolina para abastecer ambulâncias, veículos de transporte e geradores
 
Doamos, com apoio da BR Distribuidora, um total de 60 mil litros de combustíveis (diesel e gasolina) para abastecer ambulâncias, veículos de transporte de médicos e geradores de hospitais públicos e filantrópicos que atendem pacientes com Covid-19. O volume foi distribuído pelos estados de Minas Gerais, Paraná e Ceará. A iniciativa faz parte de uma série de contribuições da companhia para ajudar o país a combater o coronavírus.

combustiveis_ambulancias_02-01.jpg

No total, serão mais de 3 milhões de litros de combustíveis doados para todos os estados do Brasil. Volumes adicionais serão entregues ao longo dos próximos meses, conforme disponibilidade logística e a demanda a ser indicada pelos governos estaduais. A ação tem importância estratégica no enfrentamento da pandemia, visando garantir uma logística eficiente no transporte de profissionais de saúde, insumos e pacientes, bem como a manutenção dos hospitais de campanha nos estados. A BR Distribuidora é a responsável pela logística da entrega em todo o país

Outras doações

Estamos destinando ao todo mais de R$ 30 milhões para colaborar com a sociedade no combate à pandemia. No total, doamos 600 mil testes para diagnósticos de Covid-19 em todos os estados do Brasil, por meio do Sistema Único de Saúde. Além disso, também distribuímos equipamentos de proteção individual como máscaras N-95, materiais de higiene e de segurança e 20 mil litros de álcool (líquido e gel).

Além das doações, estamos trabalhando na frente tecnológica, mobilizando nossos cientistas, laboratórios e centros de pesquisa e nossa rede de parceiros. Criamos uma estrutura científica de resposta com projetos como o de desenvolvimento de ventiladores pulmonares mecânicos mais baratos e simples de montar, realizado em parceria com a Coppe/UFRJ, além de mobilizarmos parte da capacidade de dois supercomputadores – equivalente à capacidade computacional de 3 milhões de laptops (3 petaflops) - para colaborar com pesquisas para desenvolvimento de medicamentos e vacinas.